1.Não tome sol antes ou após a depilação;

2. Não faça uso de hidratantes, desodorantes, cremes e bronzeadores antes ou após a depilação;

3. Não use roupas muito justas após a depilação;

4. Não faça depilação do buço ou em qualquer outra área do rosto caso esteja fazendo tratamento dermatológico, utilizando ácidos ou outros produtos que provoquem a renovação celular;

5. Verifique se a profissional está usando materiais descartáveis, luvas, pinças, lençóis, etc.

6. Evite depilar-se quando estiver descascando devido à exposição excessiva do sol. Isto pode causar diferença na tonalidade da sua pele;

7. Evite depilar-se se sua pele apresentar assaduras, manchas ou machucados. Consulte um dermatologista.

8. Não faça depilação se estiver fazendo uso de cremes bronzeadores. A depilação retira a camada superficial da pele e, provavelmente, sua coloração, causando manchas;

9. Não faça uso de pedras-pomes antes da depilação com a intenção de desencravar

10. Evite depilar-se durante o período menstrual pois há maior sensibilidade hormonal;

11. Evite o uso de desodorantes que contenham álcool em sua fórmula após a depilação, isso poderá causar irritação à pele e até manchá-la;

12. Os pêlos descoloridos artificialmente não saem com a raiz logo na 1a.depilação e quebram-se ao serem retirados;

13. Use um creme esfoliante, que pode ser feito com óleo de amêndoas e açúcar e ser passado em todo o corpo;

14. Use sempre filtro solar.


 

Esclarecimentos

Os pêlos encravados surgem, na grande maioria, em mulheres que possuem hormônios masculinos em níveis elevados ou nas que têm pelos que nascem enrolados. Como não é possível modificar esta característica, o que ocorre é que, ao ser retirado pela raiz, o pêlo nasce mais fraco. Se a pele da cliente não estiver bem hidratada e a camada de queratina (células mortas que revestem a nossa pele) estiver espessa (ressecamento) o pêlo não consegue romper a pele. O segredo é cuidar da pele usando esfoliantes e hidratantes.

Depilar com cera quente, morna (tépida), roll-on ou fria não provoca varizes, que são veias dilatadas e tortuosas que não têm a capacidade de retornar o sangue. Elas ficam localizadas muito abaixo da hipoderme e, se os sintomas de inflamação forem avançados com úlceras e flebite, não é recomendada a depilação nem mesmo com gilete.

 

Se a pessoa tiver fragilidade capilar, deve evitar o uso de cera fria não pela cera em si mas pela forma como é aplicada, com o celofane sendo pressionado sobre o tecido cutâneo para que o pêlo possa aderir à cera.

Atenção quanto às ceras roll-on pois a grande maioria dos salões costuma afirmar que o material é descartável. No entanto, as clientes não atentam para o fato de que o rolo entra em contato com a pele de todas as outras que utilizam o mesmo refil e, caso haja algum tipo de problema de pele, o mesmo pode ser transmitido. Lembre-se que álcool limpa mas não esteriliza.

Existem no mercado ceras roll-on de excelente qualidade e a cliente deve exigir que o refil seja exclusivamente seu.

É normal que a pele do rosto fique vermelha logo após a depilação pois esta região é muito sensível. Evitar a exposição solar usando filtro, previne o aparecimento de manchas. Também é normal sentir coceira nas pernas após a depilação pois a circulação foi ativada com a aplicação da cera e retirada do pêlo.

 

Ao depilar qualquer parte do corpo pela primeira vez, é possível que a pele apresente uma irritação ou foliculite (inflamação do folículo piloso) devido à agressão natural gerada pelo ato de depilar.
Se você estiver fazendo algum tratamento em sua pele com produtos à base de ácidos ou mesmo tomando medicações via oral com o intuito de tratar a pele através de descamação da mesma, a depilação é desaconselhada. Sugerimos que o tratamento com ácidos seja interrompido pelo prazo mínimo de 7 dias antes de se depilar.

 

A depilação em partes do corpo onde os pêlos estejam descoloridos pode provocar a quebra dos mesmos e o resultado não será satisfatório.
Não é aconselhável o uso de calcinha com elástico apertado antes da depilação da virilha pois a pele pode ficar sensível e irritada. Se você estiver com assaduras, irritações ou algum tipo de anomalia na pele, deve procurar depilar-se numa outra ocasião. Evite expôr-se à alta temperatura, como vapor, depois de fazer depilação. Nunca retire pêlos encravados utilizando agulhas e alfinetes. Este procedimento poderá causar manchas na pele além de possíveis infecções. Faça uma esfoliação até 3 dias antes de se depilar como forma de evitar que os pêlos encravem. Para que você possa obter uma depilação com qualidade total, é necessário retirar qualquer tipo de jóia, piercing ou adorno durante a execução do serviço.


Após Depilação

 

Evite expor-se ao sol e usar cremes e desodorantes que contenham álcool em sua formulação, no período de 24 horas após a depilação, para não causar manchas na pele.

Não faça uso de calças jeans apertadas após a depilação das pernas e virilha para não causar irritação na pele.

Após a depilação de qualquer parte do corpo, o uso de protetor solar se faz sempre necessário para proteger a pele de manchas, mesmo em dias de chuva.